Keblinger

Keblinger

.. Eu ia como sempre sair caminhando sem saber aonde ir, sem saber onde parar, onde pôr as mãos os olhos e ia me dar aquela coisa escura no coração e eu ia chorar, chorar durante muito tempo sem ninguém ver

| segunda-feira, 28 de novembro de 2011




.. eu ia como sempre sair caminhando sem saber aonde ir, sem saber onde parar, onde pôr as mãos os olhos e ia me dar aquela coisa escura no coração e eu ia chorar, chorar durante muito tempo sem ninguém ver


 Nem que eu lute contra mim todos os dias. As coisas vão mudar.


Em outros tempos diria ?Tomei raiva de você?. Mas nem foi raiva, vejo isso agora. É só tristeza mesmo.

Frases do Caio Fernando Abreu, Amado, com a Vanessa da Mata, Marcelo Camelo e Marcelo Jeneci...que lindo, As nuvens da minha janela, agora, em Porto Alegre


3 comentários:

{ VeraBruxa } at: 28 de novembro de 2011 13:52 disse...

Olá!
Um céu prá fazer rir e chorar...
Abração.

{ Suzana Martins } at: 28 de novembro de 2011 14:04 disse...

Delícia de palavras que se misturam com a canção e com as imagens que saltam aos olhos...

Beijos

{ Os Olhos de Alice } at: 28 de novembro de 2011 14:24 disse...

eu estou assim esta mistura de tudo fazendo uma loucura na minha cabeça
beijos queridas!

 

Copyright © 2010 Os Olhos de Alice