Keblinger

Keblinger

Sinto absoluto o dom de existir

| sexta-feira, 1 de julho de 2011


Como pode ser gostar de alguém
E esse tal alguém não ser seu
Fico desejando nós gastando o mar
Pôr-do-sol, postal, mais ninguém
Peço tanto a Deus
Para lhe esquecer
Mas só de pedir me lembro
Minha linda flor
Meu jasmim será
Meus melhores beijos serão seus



Sinto que você é ligado a mim
Sempre que estou indo, volto atrás
Estou entregue a ponto de estar sempre só
Esperando um sim ou nunca mais
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer

Sinto absoluto o dom de existir,
Não há solidão, nem pena
Nessa doação, milagres do amor
Sinto uma extensão divina
É tanta graça lá fora passa
O tempo sem você
Mas pode sim
Ser sim amado e tudo acontecer
Quero dançar com você
Dançar com você
Quero dançar com você
Dançar com você



 ....Não ser seu...hoje eu queria muito dançar com você....você....os melhores beijos serão seus. PQP...quando eu penso que esqueci....este negócio me invade de uma maneira completamente louca e eu entendo...nada passou...não, não é assim...passou sim. Passou louca, mas dá uma "saudadinha".  O nó está aqui e parece que não vai se desfazer jamais...sai sai que este corpo não te pertence. Ele pertence só a mim.


Estas fotos foram tiradas neste ano...e em todas eu estava tri feliz....
Composição: Marcelo Jeneci

1 comentários:

{ Sexo c/ Amor? } at: 2 de julho de 2011 07:38 disse...

o dom que Deus dá a todos nós, graças! beijos

 

Copyright © 2010 Os Olhos de Alice